online poker

Central Blogs

blogs
Best Blogs

26-ago-2011

10 Coisas que seu filho não sabe o que é

Postado por marlon_fp em Vi por ai

 

1) Pogobol:

Lançado no natal de 1987, ele vendeu mais de 800.000 unidades. Em 1991, teve uma leve pausa na fabricação, mas a Estrela o trouxe de volta entre 1995 e 1996.

Responsável por gerar calos e mais calos nas “canelas” de seus “adeptos”, o Pogobol existia nas cores laranja/amarelo e verde/roxo.

 

 

 

2)Kichute

Quem nunca teve um Kichute? Este calçado era um misto entre chuteira e tênis feito de lona e borracha era produzido no Brasil pela Alpargatas desde 1970. Teve seu ápice na década de 80 quando a garotada usava para ir a escola e jogar bola. Tinha um preço bem baixo e era resistente.

 

 

 

 

3)Fita Cassete

Quem nunca viu uma fita cassete de Sandi & Junior ou do É o tchan na prateleira do camelo da Esquina. Estas pequenas fitas de audio foram criadas em 1963 pela Philips e tiveram seu auge nas décadas de 70 e 80 devido a popularização dos Walkmans da Sony. Tiveram fim com a chegada do CD no inicio da década de 90.

 

 

 

 

4)Ficha Telefônica

Criado para uso em telefones públicos no Brasil na década de 70 estas fichas metálicas compostas basicamente de latão, ferro e zinco davam o direto a 3 minutos de ligação em média. No inicio dos anos 90 a Telebrás criou os famosos cartões telefônicos a fim de reduzir os custos com recolhimento das fichas, manutenção e etc.

 

 

 

 

5)Fitas VHS

Criadas em 1976 pela JVC substituíram as fitas betamax no sistema de videocassete caseiros devido a qualidade da imagem e baixo custo.

Reinaram de forma absoluta até a chegada do DVD no final da decáda de 90.

Quem nunca locou vídeo em uma vídeo locadora ou viu aqueles rebobinadores em formato de carro?

Aposto que você ainda tem algum VHS de festa de aniversário,casamento ou formatura.

 

 

6)Cartuchos de NES e SNES e N64

Antes da chegada do PS2 todos os videogames tinham cartuchos. O alto preço dos jogos fazia com que seu pai aluga-se os jogos pra você jogar no final de semana e parar de pentelhar, ou comprava um jogo novo no dia das crianças de tanto você pedir.

Era comum emprestar jogos após “virar” o game e pegar outro emprestado. Hoje com o advento da internet, do CD e do DVD, é facil encontrar DVDs com todos os rom de SNES,Nitendo,Mega Drive, Master System e etc em um único disco.

Por mais que os games evoluíram, ainda gasto horas jogam Super Mario e Donkey Kong com meu filho.

 

7)Modem e Internet Discada

Passar madrugadas em claro escutando aquele barulhinho chato de discagem de internet era comum na década de 90.

Quem nunca esperou durante horas em frente ao pc teclando no Mirc ou nos chats do Terra enquanto o Kazaa ou Nabster baixavam a sua musica favorita em MP3. Aqueles meros 2 ou 3mb demoravam de 10 à 30 minutos dependendo da conexão.

Pois é! Agora ficamos olhando vídeo no Youtube, Jogando on-line, no MSN e Facebook enquanto baixamos toda a temporada de nossa seria favorita em HD. Duvido que seu filho tenha paciência para esperar um site carregar como antigamente era necessário.

 

8)Discos de Vinil ou LP

Criado na década de 50 para reprodução de musicas, estes discos de Vinil nos acompanharam até a década de 90.

Antes do advento do CD, toda casa tinha seu 3 em 1 com LP, K7 e rádio. Os últimos grandes lançamento ocorreram na metade da década de 90 e desde então só é vendido como uma coisa cult ou para colecionadores.

Quem não teve seu LP dos Mamonas Assassinas , É o Tchan no Havai ou SPC.

 

 

 

9)Disquete

Este discos magnéticos com capacidade de 1,44mb eram itens indispensáveis para quem tinha computador. Pois antes da propagação da internet,ou mesmo na época da internet discada, era a melhor forma de carregar arquivos,edita-los e salvar novamente pois ainda não haviam muitos gravadores de CD no mercado, e os existentes eram mais caros que os próprios computadores.

Quando uma criança de 10 anos ou menos lhe pergunta aonde clicar para salvar e você responde: “Clique no disquete” e ela responde: ” Aonde?”. Não se assuste pois hoje o mais simplório dos pen drives tem mais capacidade que muito HD antigamente.

O disquete saiu de mercado e apenas se manteve como ícone. Os atuais computadores sequer tem drive de disquete.

Quem nunca precisou instalar o windows 95 com mais de 100 disquetes, não sabe o significado da palavra paciência.

 

10) Tazos

Os Tazos (também chamados de Zap’s) eram pequenos discos colecionáveis que foram uma verdadeira febre no Brasil e Portugal na década de 90. Era muito comum a prática de aposta de tazos entre crianças.

Existem vários tipos de tazos: voadores, master-tazos, metalizados, reflexivos, spiners (tazos que se transformam em peões), etc. Várias coleções de tazos foram lançadas pela empresa Elma Chips, e também pela marca de chiclete Ping Pong.

Eu tinha porta-tazo,tazo especial e juntava a maior grana pra comprar os salgadinhos, pois na época os produtos da Elma Chips não eram tão baratos como hoje.

 

Fontes: Wikipédia e Museu da Infância